Protestos: Marcha pela saúde na PMDF

0
1246

Cansadas da inércia das autoridades responsáveis e legalmente constituídas em prol da Saúde na Polícia Militar, esposas de policiais e dependentes irão demonstrar ao governo e ao comando da corporação seu descontentamento pela falta de respeito e descaso à família Policial Militar. Farão um protesto dia 10 de Agosto, a partir das 11:00 horas, em frente ao Hospital da Polícia Militar seguindo para o Quartel do Comando Geral da Corporação, numa marcha gigantesca jamais vista na história da instituição.

Com um sistema de saúde precário onde o número de médicos não é capaz de atender a demanda, convênios com hospitais e clínicas cancelados e sem perspectivas de solução para esses problemas, as esposas dos policiais resolveram tomar frente já que seus maridos estão impedidos por força de regulamentos e códigos arcaicos que não respeitam seus direitos, vindo a ser punido por reivindicarem até mesmo seus direitos líquidos e certo.

Hoje, segundo os organizadores, a família policial e seus dependentes vivem um holocausto nas questões na instituição, onde um policial que precisa de um tratamento contra o câncer para tentar salvar sua própria vida está sob o crivo de primícias burocráticas. Onde uma “vaquinha” entre amigos é a sentença de vida ou morte de um herói da sociedade.

Conclamam que toda sociedade os apoie nessa empreitada, pois de seus maridos depende a segurança de cada uma das quase 3 milhões de vidas do Distrito Federal.

“Chega de hipocrisia e mentiras deslavadas desse governo. A família policial militar e o povo de Brasília merecem o melhor, custe o que custar”, disse uma das organizadoras do evento.

Evento: Marcha pela saúde

Data: 10 de Agosto de 2014

Hora: A partir das 11:00 horas

Local: Frente ao Hospital da Polícia Militar

Contato: Srª Lindinalva / 8500-0037 (Zap)

Da redação,

Por Poliglota…