PARABÉNS MINHA BRASÍLIA!

0
1519

Saberemos, Brasília,
sobre o futuro por ti declarado?
Feitiços jogados por uma prisão
de entretenimento duvidoso.
No anonimato, as estrelas ainda podem ser vistas;
Mesmo com tão pouco tempo para darem pistas.
Nas veredas impostas por vultos,
deixando a cada dia todos mudos.
Deixe sorrir aquilo que ainda
confina com segredos.
Permita-se viver com a mudança.
E assim saberá mudar!
Vamos então, Brasília,
desça do pedestal que todos dizem que estás!
Onde vamos com seus atos inconsequentes,
e as mentes doentes?
Vamos, então, deitar o olhar;
Que por incrível que pareça,
ainda há estrelas a brilhar!

Maria Clara Rezende