Badernou? Mando sentar o cacete! Que seja MST, CUT ou qualquer movimento ligado ao PT

2
6521
Alexandre de Morais, Ministro da Justiça

Se afrontarem a democracia e acharem que o país não tem lei, mostraremos o que o Estado é capaz de fazer para manter a ordem pública.

O novo Ministro da Justiça, Alexandre de Morais, deixou bem claro quais seriam as atitudes a serem tomadas caso aqueles acostumados a causar a baderna e a discórdia no país insistam em continuar achando que vivem o Lulopetismo.

Esse foi o recado claro aos movimentos bandalheiros e violentos protagonizados pelo PT que se acostumou com a inércia do governo Dilma Rousseff, através de suas sucursais mal intencionadas.

O novo ministro é conhecido pelos movimentos sociais por ser linha dura e ter utilizado do uso da força policial para a reintegração de posse no Estado de São Paulo, principalmente por locais ocupados por estudantes e os próprios movimentos paredistas sociais.

Aqueles que queimarem pneus, bloquearem rodovias ou praticarem qualquer ato de guerrilha serão tratados como criminosos. Vivemos uma democracia e não uma anarquia.

A disposição do novo Ministro da Justiça é a de combater as fragilidades e deficiências dos governos PT no tocante ao combate à violência e a criminalidade. Segundo o Ministro, seus esforços serão mais concentrados no combate à criminalidade organizada, principalmente ao contrabando de armas que entram no país.

A indicação do novo ministro foi muito bem aceita no meio político do país. O Brasil está cansado de tanta bagunça.

Por Poliglota…

2 COMENTÁRIOS

  1. Já passava da hora de surgir alguém com coragem de cumprir a lei. É exatamente isso que se entende por “estado democrático de direito” – o cumprimento das leis. Ninguém pode achar-se acima da lei. O direito de manifestação termina quando compromete ou afasta o direito de ir e vir, e de trabalhar para produzir e alavancar o crescimento da economia e de país. E isso o “lulopetismo” não conhece. Acham que são donos do país e para impor o seu estilo violento de manifestar desrespeita a lei e a sociedade pacata, que sustenta esses vagabundos.

DEIXE UMA RESPOSTA