SECRETÁRIA DE SEGURANÇA EXONERA CORONÉIS DA PM QUE A ‘ENFRENTARAM’

20
26743
OFICIALMENTE, ROLLEMBERG DIZ QUE MANTÉM MÁRCIA NO CARGO, MAS NOS BASTIDORES JÁ SE SABE QUE A SECRETÁRIA ESTÁ PRESTES A SER EXONERADA. (FOTO: AGÊNCIA BRASÍLIA)

OS OFICIAIS ESPERARAM O COMANDANTE-GERAL PARA ENTRAR NA REUNIÃO

OFICIALMENTE, ROLLEMBERG DIZ QUE MANTÉM MÁRCIA NO CARGO, MAS NOS BASTIDORES JÁ SE SABE QUE A SECRETÁRIA ESTÁ PRESTES A SER EXONERADA. (FOTO: AGÊNCIA BRASÍLIA)

Mais uma polêmica para a conta da secretária de Segurança Pública do Distrito Federal, Márcia Alencar. A psicóloga titular da pasta exonerou, nesta sexta-feira (10), dois coronéis da Polícia Militar com quem teve desentendimentos em uma reunião na sede da SSP sobre a desocupação do hotel Torre Palace, na semana passada.

O Diário Oficial do DF traz nesta sexta a exoneração do coronel Agrício da Silva, que era o comandante do Comando de Missões Especiais, do Departamento Operacional; e do coronel Alexandre Sérgio Vicente Ferreira, então chefe do Departamento Operacional do Subcomando-Geral da PM. Eles foram responsáveis pelo sucesso da operação que desocupou o invadido Torre.

Com a determinação, os dois foram enviados para a parte administrativa da PM, o que é considerado pelos policiais como “punição”. Agrício vira diretor da Diretoria de Execução Orçamentária e Financeira do Departamento de Saúde e Assistência ao Pessoal; e Alexandre Sérgio passa a ser diretor da Diretoria de Ensino Assistencial, do Departamento de Educação e Cultura.

Entenda o caso

O desentendimento da secretária Márcia com os policiais foi na tarde de 3 de junho. Os comandantes de policiamento aguardavam o comandante-geral coronel Nunes do lado de fora da SSP para entrarem todos juntos para a reunião. Mas como o coronel Nunes demorava mais de hora para chegar, os oficiais resolveram entrar à sala. Lá, segundo informações, foram recebidos pela secretária de maneira descortês, dizendo que eles estavam atrasados e por esta razão deveria ser repetido tudo que fora tratado.

Neste momento, o coronel Alexandre Sérgio passou a explicou que chegara no horário, mas permanecera do lado de fora, pois não tendo sido informado do que se trataria ali, esperaria por ordens de seu comandante, situação natural para quem conhece o a hierarquia do militarismo. Márcia não gostou.

Sentindo-se desrespeitada com a resposta, a secretária teria dito ao comandante que ela era a autoridade ali e que queria ser respeitada. Márcia teria perguntado ainda em tom debochado porque vieram tantos coronéis para aquela reunião e, quando o comandante de Policiamento especial, coronel Agrício, iria responder, Márcia disse que ele não precisava falar nada ali. Houve bate-boca.

Com a situação, um a um os coronéis foram se retirando da sala. Ficou para o comandante-geral atrasado a missão de tentar pacificar a situação. Mas não deu certo.

Mais polêmicas

A secretária Márcia enfrenta graves denúncias em relação à sua conduta à frente da segurança do DF. No mês passado foi revelado que ela usa carros da polícia como escolta para a família e como transporte aos filhos. Além disso, descobriu-se que ela nomeou a empregada doméstica para exercer cargo de assessora técnica na Secretaria de Segurança. Como se não bastasse, Márcia levou o filho adolescente para dar um passeio de helicóptero do Detran sobre Brasília no dia da votação do impeachment na Câmara dos Deputados.

A presidente da Câmara Legislativa do DF, Celina Leão, à época, criticou durante a secretária. “Ela está fazendo da SSP o puxadinho da casa dela”, disse. A secretária foi convocada para dar explicações na CLDF, mas não compareceu.

Oficialmente, o governador Rodrigo Rollemberg diz que mantém Márcia no cargo, à frente de toda a seguraça do DF e das forças policiais, mas nos bastidores já se sabe que a exoneração dela é dada como certa.

Fonte: Diário do Poder por Elijonas Maia

20 COMENTÁRIOS

  1. Esses conflitos trazem alguma coisa construtiva para o GDF, SSP e PMDF? Ou isso demonstra o grande despreparo dos segmentos da segurança pública do DF? O que um psicólogo entende de segurança pública? O Diretor a PCDF, O Comandante da PMDF e Bombeiros, assessoraram o Governador na escolha do Secretário de Segurança do DF? Ou fizeram pouco caso? Será que eles não se acham independentes? Foi deixado bem claro pelo Governador que quem manda é ele? Temos no DF, diretrizes que define bem o que cada um faz? Por último: Esse governador que está no poder está preocupado com segurança pública? Essas são algumas perguntas simples além de dezenas de outras que poderíamos fazer, que talvez possa trazer um diagnóstico de nossa real segurança pública. QUE AO MEU VER, ESTÁ UM LIXO. FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS NÃO TÊM QUE TER MÉRITO, TEM QUE TER É MISSÕES E INCUMBÊNCIAS, PORQUE É PARA ISSO QUE RECEBEM.

    • É lamentável a exoneração de dois oficiais altamente qualificados e respeitados . Num momento em que a população clama por segurança tais oficiais são colocados em serviços administrativos apenas para satisfazer o ego da secretária de segurança. Só nos resta pedir a proteção de Deus .

    • Funcionário público é trabalhador como qualquer outro e merece sim méritos pelo seu desempenho. Muitos acham que por ser funcionários públicos temos que ser escravos, mas as mamatas do funcionalismo público do quem tem é esse povo que entram através de votos muitas vezes comprados.

    • NÃO CREIO QUE A INABILIDADE DE MÁRCIA ALENCAR PARA O EXERCÍCIO DO CARGO DECORRA DO FATO DE ELA SER PSICÓLOGA. PARECE-ME QUE SUA INAPTIDÃO DERIVA DO DESPREPARO PARA A FUNÇÃO, POIS ESPECIALIDADE EMBORA SUGIRA CONHECIMENTO NÃO É SINÔNIMO DE TALENTO. O TITULAR DE UMA PASTA DA QUAL NÃO SEJA ESPECIALISTA, PODE SER HABILIDOSO E COMPETENTE, BASTA TER UMA ASSESSORIA CAPACITADA. ASSIM COMO A DIRETORA DA AGEFIS BRUNA RIBEIRO, MÁRCIA ALENCAR É MAIS UMA ARROGANTE, ARBITRARIA E PROTEGIDA POR ROLEMBERG.

  2. Realmente lamentável a exoneração de dois oficiais dos mais respeitados, qualificados e competentes da corporação. Enquanto clamamos por segurança tais oficiais operacionais são colocados em serviço interno apenas para satisfazer um capricho da secretária de segurança. E a população que se dane com esse crescente índice de marginalidade na cidade. Só nos resta pedir a proteção de Deus.

  3. Psicóloga para secretária de segurança e uma aberração, manda ela logo embora governador, ou a crise ficará pior, usa aeronave para fazer passeios com filho, nomes empregada doméstica para cargo de chefia na secretaria isso mancha o excelente governo de vossa excelência!!!

  4. Estão reclamando do que? Fala sério viu! Estão e querendo confetes como sempre. Agora resolver os problemas da tropa ou melhor dos praças.. NADA!
    Estes ilustres coitadinhos caíram pra cima! Afinal de contas todos não vão deixar de receber alguma gorda gratificação. Agora quando é no caso do praça só há 2 saídas: 1: pedir baixa pra assumir (exemplo claro do Carneiro ~cfp2) ou 2: aceitar calado (exemplo, Aderivaldo ~20k) e voltar pra tropa ou lugar pior…
    Resumindo, estes *** estão e bem! E muito por sinal, pois na pior das hipóteses aqueles que já possuem tempo vão pedir RR ainda este ano ou no máximo estarão na lista dos QC do ano que vem. Detalhe, não duvido nada TODOS antes de irem se darem férias de até 30 dias (como ficou de regra no caso Anderson e Leão) e é CLARO, assim que sair no DODF a RR o pedido de incorporação de alguma gratificação vai rolar. E aí? Quem de fato saiu perdendo…
    Portanto, se estes tão valoroso oficiais acham que estão perdendo indo pro administrativo? Pedem logo pra SAIR! Não é assim com praça?
    Agora entendo porque nossa gestão e tão especial. Estes valorosos não gostam de Rua e tão pouco expediente? Mas falou de gorda gratificação ou mídia.. ficam loucos!

  5. Uma coisa e certa aqui no DF, quem manda e desmanda escolhe a musica e se vc não acertar o passo sai da quadrilha kkkkkkkkkkkkk Aos mimizeiros?!?!?!?!?!?! estamos no mês de junho ue quadrilha de são João rsrsrs… Povo pensa cada coisa rsrsrsr……. Então e aquele ditado quem manda pode, obedece quem tem Juízo………. Sobre a exoneração acho q não fara muita falta a gestão deles hummmm…. vamos ser sinceros as repartições publicas do DF funcionam no automático o dia a dia… So quando alguém do alto escalão gesticula alguma missão ou ideia para “beneficiar” a sociedade que realmente trabalham, lembram quando foi feito um chamado emergencial que não agradou nenhum um pouco os PMDF internos, pois é… esse e um ponto do alto escalão que foi unicamente para ……….. Melhorar o serviço do DetranDF… Mas pra que mesmo ??????? haaaaaaaaaaa para angariar fundos a instituição……

  6. ACHO QUE SEGURANÇA NÃO É BRINCADEIRA, NÃO TEM QUE COLOCAR NINGUEM PARA BRINCAR DE SEGURANÇA, PERDE A POLÍCIA, PERDE MUITO MAIS A POPULAÇÃO, SECRETÁRIO DE SEGURANÇA TEM QUE SER QUEM ENTENDE DE SEGURANÇA, É A MESMA COISA DE COLOCAR UM JOGADOR DE FUTEBOL PARA SER UM MÉDICO, ELE NÃO VAI ENTENDER NADA DE MEDICINA, SECRETARIO DE SEGURANÇA É QUEM CONHECE, DE ESTRATEGIA, AÇÕES QUE GERALMENTE ENVOLVE PESSOAS COM TOTAL DESCONHECIMENTO DA VIDA, AQUELES QUE NA MAIORIA DAS VEZES JA ESTÃO NA SARGETA, A PESSOA TEM QUE TER PULSO FORTE PARA TRATAR CASO A CASO, TEM QUE TER CONHECIMENTO DE CAUSA,

  7. A segurança pública no DF e no resto do País, só sobrevive e, ainda não está em uma baderna total, porque temos Policiais e Bombeiros, em sua totalidade, são verdadeiros Heróis, que trabalham com amor, diferente de muitas profissões, damos o que Deus nos deu de mais sagrado, (A VIDA), que Deus nos abençoe e guarde, abraços a todos companheiros.