Gasolina nas alturas irrita consumidores

0
373

A máfia dos combustíveis no Distrito Federal parece não saciar a sua sede.

A enganação nas bombas de postos de gasolina parece já ter voltado ao normal na capital. Mesmo depois das reduções anunciadas pelas refinarias, o preço dos combustíveis em Brasília já começaram a disparar.

Pesquisa realizada pelo blog em diversos postos do DF constataram que o preço mínimo de R$ 3,25 já subiu para R$ 3,32 na maioria dos postos visitados pelo blog.

A ordem das estatais era de que as reduções fossem repassadas às bombas de combustíveis nos postos, porém os donos de postos alegam prejuízos por conta do reajuste dos preços do Etanol que subiu cerca de 7% inviabilizaram isso.

Os consumidores, claro, reclamaram à altura. “Como pode aumentarem os preços se havia uma resolução para que isso não acontecesse?”, disse um consumidor.

Tudo isso é fruto da falta de fiscalização do Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência (Cade), que sem essa fiscalização acaba por permitir que os postos voltem a praticar os preços segundo suas vontades.

A intervenção foi motivada pela constatação de cartel na capital do país, conforme constatou a Polícia Federal e o Ministério Público. “A conta, como sempre, fica com os consumidores”, ressalta outro consumidor.

Até quando vamos ter que aguentar essa intolerância dos órgãos fiscalizadores para que o direito do consumidor seja respeitado? Os gerentes dos postos alegam que os preços subiram por causa do etanol e por causa das distribuidoras, que não repassaram a queda promovida pela Petrobras.

Isso é uma vergonha!

Da redação,

Por Poliglota…

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA