E como fica a LRF? Para os amigos do Rei tudo?

0
1328

O bate e volta das exonerações e nomeações do Diário Oficial do DF

A farra nas exonerações e nomeações no Diário Oficial do Distrito Federal já virou uma rotina nesse governo de Rodrigo Rollemberg.

Uma prática muito conhecida dos “companheiros” parece ter contaminado o governo da Geração Brasília e a cada publicação, para surpresa de quem acompanha a política e os governos, surge peremptoriamente.

Agora podemos começar a entender o porquê de muitas “autoridades” pouco se importarem com os problemas vividos por suas classes de origem, principalmente aqueles que estão próximos a vestirem o pijama. Exonerações daqueles que estão próximos a se aposentarem passaram a ser rotineiras, desde que em troca suas nomeações, às vezes no mesmo cargo ou função, estejam garantidas.

A exemplo de hoje (28), foi EXONERADA, por motivo de aposentadoria, NÉLIA MAURÍCIO PIRES LOPES VIEIRA, Delegada de Polícia-PCDF, matrícula 1676413-7, do Cargo de Natureza Especial, Símbolo CNE-02, de Chefe de Gabinete, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal, a contar de 22 de novembro de 2016, conforme publicação no DODF n° 219, de 22 de novembro de 2016. No entanto, no mesmo DODF ela foi NOMEADA para exercer o mesmo cargo. Salário? R$ 12.007,79 mais vale alimentação no valor de R$ 394,50.

Vamos a outro exemplo? O DODF publicou a EXONERAÇÃO, também por de aposentadoria, de JOSÉ FILHO SOARES ROCHA, Papiloscopista Policial – PCDF, matrícula 39.489-0, do Cargo de Natureza Especial, Símbolo CNE-06, de Coordenador, da Coordenação de Orçamento e Finanças, da Subsecretaria de Administração Geral, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal. Novamente, no DODF de hoje (28) foi publicada a sua NOMEAÇÃO para o mesmo cargo e com os mesmo salário. Bacana né? Salário? R$ 5.855,82 mais vale alimentação no valor de R$ 394,50.

Por fim, que não é o fim, e para não ficar muito cansativo e exposto essa pouca vergonha do governo Rollemberg, segue a terceira “sacanagem” (que com certeza vão dizer que é por competência) do início de semana: NOMEAR CARLOS HENRIQUE SILVA FREITAS para exercer o Cargo em Comissão, Símbolo DFG-14, de Gerente, da Gerência de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, da Coordenação de Informática, da Subsecretaria de Modernização Tecnológica, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal, em vaga decorrente de sua própria exoneração, publicada no DODF n° 217, de 18 de novembro de 2016. Salário? R$ 2.937,71 mais vale alimentação no valor de R$ 394,50.

E para finalizar, sem delongas, a última do dia: NOMEAR JOSÉ AUGUSTO SOARES DE OLIVEIRA, para exercer o Cargo de Natureza Especial, Símbolo CNE-02, no cargo de Subsecretário da Subsecretaria de Modernização Tecnológica, da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal, publicada na Página 52 • Seção 2 • do dia 29/04/2016 no DODF. Detalhe: Segundo o Portal da Transparência, esse servidor (Cel full da PMDF) recebe (03) três contracheques, sendo um da Polícia Militar via União e 2 do GDF, o atual CNE 2 e o outro da gratificação de incorporação que na época a Casa Militar incorporava para quem tinha servido pelo menos dois anos lá. Ou seja, só esse moço recebe como coronel Brutos R$ 21.302,38, CNE 02 R$ 12.402,99 e Gratificação Extra de R$ 1.022,41, totalizando R$ 34.727,78, sem o auxílio alimentação. Está preocupado com a corporação ou seus integrantes, na maioria Praças?

Bom, deu para perceber o quanto de “manobras” são executadas na cara dos eleitores e do povo de Brasília que não tem o hábito de ler o Diário Oficial do (des)governo do Distrito Federal? Informação e cultura é tudo! Vamos nos informar…

A próxima matéria será direcionada ás autoridades da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil que são exonerados e ao mesmo tempo nomeados, garantindo suas gordas gratificações em detrimento das categorias que têm sido humilhadas pelo governo Rollemberg, sem ascensão funcional e direitos garantidos. Detalhe, essas não são informações fictícias, são publicadas no instrumento legal e oficial do próprio governo do DF, como o Diário Oficial e o Portal da Transparência.

Da redação,

Por Poliglota…

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA