Ponto para o motorista e mais um golpe no bolso do GDF

0
1821

Um Projeto de Lei de nº 759/2012 que foi apresentado em 2012 pela deputada Celina Leão (PPS) e vetado pelo governo Agnelo, agora volta à tona e vai trazer um prejuízo aos cofres do governo de Rollemberg.

De acordo com o Projeto, as vias que são destinadas exclusivamente aos ônibus deverão ser liberadas ao trânsito nos horários que não são considerados de pico. Esses horários estão compreendidos entre 6h30 e 9h, e entre 17h30 e 19h30 em vias de grande circulação como a W3, a EPNB, a EPIA SUL e a EPTG.

Depois de quatro anos a deputada Celina Leão conseguiu incluir o PL aos demais 29 itens que os deputados votaram e derrubaram e que se tratavam de vetos do GDF. Porém, para que permaneça a vontade do parlamento, serão necessários dois terços dos votos dos distritais. A deputada acha que isso será possível, pois atinge em cheio os anseios da população que já não suportam mais o trânsito infernal porque vive a cidade e ninguém hoje quer ir de encontro aos desejos da sociedade.

Por outro lado, Rollemberg tem apenas 48 horas para publicar e validar a norma e caso não o faça, a própria CLDF pode fazê-lo transformando em Lei. Com isso, avalia a deputada, os motoristas terão mais uma opção de trânsito durante a maior parte do dia onde essas vias ficam, praticamente, vazias.

Da redação,

Por Poliglota…