Morte de Zavascki: De Teoria da Conspiração à memórias coincidentes

0
1063

Deixei para escrever só agora algo sobre o acidente e a consequente morte do Ministro do Supremo Tribunal Federal e Relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki, depois de ler e ouvir os milhares, senão milhões, de “Ispicialistas” que surgiram no país inteiro pelas mídias.

Bi-motor C90 - King AirQuerendo ou não os “ispicialistas”, a priori, o fato trata-se de um acidente aéreo que poderia acontecer com qualquer uma das milhares de aeronaves que cruzam nossos céus diariamente. O avião, um bimotor C90GT King Air que custa em média 8 milhões e tinha apenas 10 anos de uso, é considerado um dos modelos mais moderno e seguro do mundo, utilizado até mesmo pelo governo americano em voos rápidos do presidente norte americano.

As condições climáticas deverá ser um dos nortes das investigações, já que o aeroporto de Paraty não opera por instrumentos e os pousos só são permitidos em condições visuais, o que significa que o piloto tem que enxergar a pista a pelo menos 5 quilômetros de distância. Segundo testemunhas, chovia no local no momento da aterrisagem da aeronave.

De teoria da conspiração à memórias do passado coincidentes, como Ulysses Guimarães, Eduardo Campos, Celso Daniel e Tancredo Neves, valeu de tudo. Mas, infelizmente, todos teremos que aguardar as investigações, pois em não havendo sobrevivente e sem saber se a aeronave dispunha de caixa-preta (por ser uma aeronave particular a legislação não obriga que tenha a caixa-preta), caberá ao CENIPA (órgão da Aeronáutica responsável por apurar acidentes aeronáuticos), a Polícia Federal e ao Ministério Público Federal, que entraram no caso, destrinchar esse acidente e o mais rápido possível.

A equipe técnica do Ministro do STF e Relator da Operação Lava Jato, Teori Zavascki, não entrou de recesso no final de ano e nem tirou férias. Eles continuaram trabalhando em clima de “esforço concentrado” para analisar as 800 páginas das delações premiadas dos funcionários e diretores da Odebrecht e as homologaria agora em fevereiro. Segundo a mídia, os nomes mais cogitados nessa investigação são os do Presidente da República Michel Temer e o do senador Renan Calheiros, atual presidente do Senado Federal.

Perde a magistratura e perde o Brasil. Teori Zavascki era considerado por muitos um herói brasileiro e um grande magistrado que com sua discrição e dedicação ao trabalho na Relatoria da Operação Lava Jato foi um exemplo que deve ser seguido por todos os juízes, promotores e advogados deste país.

Da redação, com fotos do G1.com

Por Poliglota…