Major aposentado procura doador de medula para o filho com leucemia

0
3004
Foto; Arquivo pessoal

Dharlyson do Socorro Roma, 33 anos, foi diagnosticado há quatro meses com a doença e precisa urgentemente de um transplante

Policiais militares e a família do major aposentado da corporação, Alípio do Socorro Vieira Roma, 55 anos, se uniram para salvar a vida do filho do militar da reserva. Dharlyson do Socorro Roma tem 33 anos e foi diagnosticado com leucemia melóide aguda há quatro meses. Ele terá que fazer um transplante de medula óssea urgente. Por isso, parentes, amigos e a PMDF lançaram uma campanha para ajudar a encontrar um doador compatível com Dharlyson.

“Ele tem uma lesão cerebral que o impede de falar. Só descobrimos o câncer porque um dia apareceram umas manchas roxas na pele dele e, assustados, corremos para o hospital. Após os exames, recebemos o diagnóstico”, relatou o major Alípio.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

PM faz campanha para doação de medula óssea para sargento aposentado

Juiz do DF lança campanha para arrecadar agasalhos para presos

Dharlyson está internado no Hospital Alvorada, na Asa Sul, para a quarta fase de quimioterapia. Ele ainda vai enfrentar mais uma etapa nos próximos meses. De acordo com o pai, o rapaz está reagindo bem ao tratamento, mas os médicos já informaram a família da necessidade de fazer um transplante com urgência.

 “Fazemos um apelo para que as pessoas liguem no nº 160 e agendem uma coleta. Meu filho depende disso”, afirmou Alípio, emocionado, ao Metrópoles.

Saiba como ser um doador de medula óssea:

– O primeiro passo é ligar para o 160. Escolha a opção 2 para agendar um horário no Hemocentro. Em Brasília, a unidade funciona no Setor Médico Hospitalar Norte 3, Conjunto A, Bloco 3 – Asa Norte.

– Na data agendada, compareça ao local para colher uma pequena quantidade de sangue.

– A partir desse momento, você estará cadastrado no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome).

– O serviço entrará em contato caso exista algum paciente compatível precisando da doação de medula.

– Não esqueça de manter o cadastro com número de telefone e endereço sempre atualizados

– Para quem for de fora do DF, basta procurar o Hemocentro de sua cidade e agendar uma visita para a coleta de sangue.

Mais informações em: www.redome.inca.gov.br

– Para ajudar o filho do major da PMDF, é preciso informar no momento no cadastro que a doação será em nome de Dharlyson do Socorro Roma, portador de CPF nº 536.907.022-91 e nascido em 10/03/1984.

Fonte: G1