Desembargadora proíbe falar mal do pior governador da história do DF

0
3

Se a moda pega, nenhum partido político ou até mesmo o cidadão comum poderá reclamar do pior governador da história do Distrito Federal. Em decisão monocrática, emitida nesta quarta-feira (11), a desembargadora eleitoral Carmelita Brasil, do TRE-DF, suspendeu a veiculação de três peças publicitárias do PT regional, que tecem críticas à gestão do governador Rodrigo Rollemberg. Propagandas eleitorais de outros partidos, veiculados a TV, também podem ficar na mira da censura.

No entendimento da desembargadora Carmelita Brasil a propaganda veiculada pelo PT-DF, na noite de ontem, contem acusações injuriosas ao governador e que ele não é nada disso como está sendo pintado pelos seus opositores. Na peça partidária petista, a deputada federal e presidente do PT-DF, Érika Kokay, fala que “Rollemberg faz o pior governo da história”. Ela mentiu? Claro que não.

Em outro vídeo, estrelado por atores, um personagem diz que os servidores públicos “nunca foram tão maltratados”, e que a gestão Rollemberg “ainda ameaça parcelar os salários caso não consiga acabar com nossa aposentadoria”.

De acordo com informações obtidas por Radar, o PSB, partido do governador, estaria se armando para recorrer à justiça eleitoral contra qualquer propaganda partidária que acuse o governador Rollemberg de fazer má-gestão no Distrito Federal.

A decisão da desembargadora do TRE-DF, que retirou do ar as inserções petistas por dizer o óbvio, mas considerado como uma ofensa a Rollemberg, serviu para que os partidos que fazem oposição ao governo usem de estratégias incontestáveis como as confissões feitas pelo próprio governador.

Nas 12 inserções que estão sendo veiculadas no horário nobre da televisão, por todo o mês de outubro, o pré-candidato ao Buriti, Alírio Neto (PTB), mostra em seus vídeos, por alguns segundos, o então candidato a governador Rodrigo Rollemberg, na campanha de 2014, fazendo promessas que nunca se concretizaram.

Nas inserções petebistas, Rollemberg aparece acusando o então governo Agnelo de má gestão e dizendo “que não havia falta de recurso no DF”. Em seguida entra Alírio na tela, lembrando: “na campanha ele falava assim. Agora, que é governador, diz que falta dinheiro”.

O presidente do PTB disse ao Radar que os programas do partido que estão sendo levado ao ar na TV mostra claramente que Rollemberg mentiu a população; que acabou com o sistema de saúde pública, levando a óbito centenas de pessoas por falta do atendimento médico; que destroçou a Segurança Pública deixando a sociedade refém da violência e que Rollemberg é um dos piores governadores a ocupar o Buriti em toda a história política do DF.

“Não vai adiantar o governador ficar com esse mimimi, correndo para a justiça para impedir um direito constitucional da informação que todo o cidadão tem e precisa saber. Nós, do PTB, temos todos os vídeos em que aparece Rollemberg aplicando o golpe do estelionato eleitoral na população, com seu saco de promessas que se transformou, em seguida, no enorme  saco da mentira. As nossas inserções se tornarão indesmentível e incontestáveis e são informações de interesse público”, afirmou Alírio.

Fonte: RadarDF