Liberado suposto funcionário da Globo News que atropelou 18 pessoas em Copacabana-RJ

0
1226

Pasmem, mas a Rede Globo insiste em omitir e confirmar ou desmentir o que se propaga nas redes sociais de que Antonio de Almeida Anaquim, de 41 anos, que conduzia o carro que atropelou pelo menos 18 pessoas na noite da quinta-feira, 18, na Praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro e matou um bebê, era funcionário da Globo News.

Ontem, dia 19, o suposto funcionário da Globo News (foto abaixo) foi ouvido e liberado pelo delegado da 12ª delegacia de polícia de Hilário de Freitas. Mesmo tendo 62 pontos na carteira, com a mesma suspensa e multas a rodo, o motorista conseguiu renovar a carteira, numa falha imperdoável do Detran-RJ.

Ele deverá ser indiciado por homicídio culposo e lesões corporais culposas (sem intenção de matar) pela Polícia Civil e poderá responder à investigação em liberdade. O delegado Gabriel Ferrando afirmou que a hipótese mais provável para explicar o que aconteceu é que o condutor tenha sofrido um “evento epilético” – um desmaio. O motorista alegou ter epilepsia e tratar da doença com remédios.

Da redação,

Por Poliglota…