Fraga: “Sempre afirmei que o acordo estava de pé e o melhor seria o apoiado”

0
1738
Fraga reunido com pré-candidatos e lideranças da PM: "Faremos a diferença!"

Por Poliglota…

Uma reunião encerrada agora a pouco entre o deputado Alberto Fraga (DEM-DF), pré-candidatos e lideranças militares confirmou o destino do parlamentar. Fraga apoiará o pré-candidato Jofran Frejat ao governo do DFDepois de uma conversa agora à noite com o pré-candidato ao GDF Jofran Frejat (PR) e vários parlamentares que fazem parte do movimento de Centro-direita (PR/PP/MDB/ AVANTE e agora o DEM), o deputado que até então era tido como pré-candidato ao Buriti declarou na reunião com pré-candidatos e lideranças militares que abriu mão de sua candidatura ao Buriti para apoiar Jofran Frejat ao governo do Distrito Federal.

“Sempre afirmei que o acordo firmado desde o ano passado seria cumprido de minha parte. Após uma pesquisa que estava aguardando não tive dúvidas que Frejat caminha a largos passos para a consolidação de sua candidatura e possível vitória nos pleitos de outubro por estar em melhores condições do que eu. Faço isso para cumprir a minha palavra e por respeito ao meu eleitorado”, afirmou.

Detentor de mais de 155 mil votos nas eleições passadas, Fraga admite que na política o cenário é um grande divisor de águas. Ele espera que sua atitude seja capaz de mudar o pensamento de muitos que fizeram parte do acordo celebrado ano passado e que, no entanto, decidiram lançar suas pré-candidaturas. “Espero que tenhamos boas notícias de agora em diante e que minha atitude encoraje todos a se unirem, já que não podemos desprezar o poder de fogo de Rollemberg que tem a seu favor a máquina administrativa. Não tenho vaidades e sei que meu momento chegará”, disse Fraga.

Na reunião com os pré-candidatos e lideranças militares as estratégias para a formação e uma grande frente militar PM e BM com vistas à representação tanto distrital como federal avançaram bastante. Novas conversas devem acontecer nos próximos dias antes da data para a definição das nominatas que se encerra dia 7 próximo.

“Temos um poder muito grande nas mãos que é o grande potencial de agregação de votos. Temos duas corporações numerosas e carentes de representação e não podemos, em hipótese nenhuma, ficar mais quatro anos a ver navios. Tenho certeza absoluta de que se fizermos o dever de casa certinho seremos protagonistas de grandes surpresas no cenário político do DF”, afirmou o agora pré-candidato ao senado Alberto Fraga.

A PM e os Bombeiros, por serem classes muito divididas, precisam se conscientizar de que apenas com união conseguirão eleger um representante. Grandes agregadores de votos e formadores de opinião, a ideia, como não poderiam ser diferente, é de se buscar um entendimento de todos os pré-candidatos PMs e BMs de que saiam todos por um único partido ou uma coligação forte que permita a eleição de, pelo menos, dois candidatos.

Ao que tudo indica, o amadurecimento político é uma necessidade que parece estar sendo colocado em prática.

É esperar para ver!