Um dia la casa cai

0
1308

Por Renata Baptista – Jornal Destak Recife

Quatro jovens, fantasiados com máscaras, invadem o estacionamento de um presídio. Não é La Casa de Papel. É Recife

Quatro jovens, vestidos com macacões vermelhos e escondendo seus rostos com máscaras de Salvador Dalí, invadem o estacionamento de um presídio superlotado, que comporta mais de 3 mil presos.

Não, não se tratava de uma cena da série “La Casa de Papel”, da Netflix, que já anunciou a sua terceira temporada. O ocorrido se passou na semana passada, no Centro de Observação e Triagem Criminológica (Cotel), em Abreu e Lima, na região metropolitana do Recife.

Um youtuber acompanhado de três amigos – sendo um deles um adolescente de 17 anos – queria fazer uma “pegadinha” e gravar um vídeo por ali. Daí o meu questionamento – o que se passa na cabeça desses jovens, meu Deus?

O resultado é que o youtuber de 22 anos de idade foi autuado em flagrante, junto com mais dois amigos, pela Polícia Civil. Passaram a noite em uma delegacia e foram liberados com a condição de pagar – cada um – o valor de R$ 5 mil de fiança. Responderão pelos crimes de violação de domicílio qualificado, favorecimento real, falso alarme, além de corrupção de menor de idade, uma vez que o quarto componente do grupo ainda não completou 18 anos e vai responder a um boletim de ocorrência circunstanciado (BOC).

Ao sair da delegacia, o youtuber reclamou da truculência da polícia, que segundo ele tratou ele e os amigos como se fossem bandidos, e disse que o fato não o impediria de se arriscar em novas investidas.

Caro youtuber, sei que estamos vivendo em um período bem chato, onde algumas brincadeiras podem não ser entedidas como gostaríamos que fossem, e que a rede é um canal de que dispomos para livre expressão. Mas você sabia que poucos dias antes da encenação planejada por vocês, um grupo com dez pessoas, utilizando a mesma fantasia, tentou explodir um caixa eletrônico no bairro de Maipú, na capital chilena, e trocou tiros com a polícia? Você sabia que a unidade penitenciária onde você e seu grupo estavam comporta cerca de três vezes o número de presos para que tem capacidade e que há um grande número de rebeliões e tentativas de fugas por ali?

Sei que você não deve ser bandido, youtuber, e que não foi certo você ser tratado como tal – mas também não é certo brincar com fogo e colocar em risco sua segurança e de vários outros. Mas se você não tem medo da polícia, ou de levar um tiro, você não tem medo de levar uma chinelada de sua mãe? Porque convenhamos, para uma “brincadeira” inconsequente de menino amarelo como essa, somente um castigo bem dado para ver se a traquinagem não haverá de se repetir, não é mesmo?