7 crimes que muitos cometem ou já cometeram pelo whatsapp

0
662

Fonte: https://m.fatosdesconhecidos.com.br

Você já leu a política de uso aceitável do WhatsApp? A empresa diz que os serviços só podem ser acessados e utilizados para “fins lícitos, autorizados e aceitáveis”. Sendo assim, qualquer coisa que esteja fora da lei é considerada crime. Isso quer dizer que se uma pessoa cria a conta no WhatsApp, ela não pode violar essas leis.

Sendo assim, a pessoa não pode infringir direitos do WhatsApp, de outros usuários ou de terceiros. Será que você já fez isso alguma vez na vida? Bom, tendo isso em mente trouxemos para vocês essa matéria com os 7 crimes que muitos cometem ou já cometeram pelo WhatsApp:

1 – Compartilhando pornografia

São muitos grupos que recebem milhares de conteúdos de cunho sexual e na maioria dos grupos os integrantes são quase 100% homens. Há pouco tempo, por exemplo, rolou um vídeo de um estupro coletivo de uma garota no Rio de Janeiro. Mas sabia que, mesmo não estando envolvido no crime, compartilhar esse tipo de conteúdo é crime?

O mesmo acontece com os famosos ‘nudes’, onde a pessoa não autorizou que fotos íntimas dela fossem espalhadas. Lembrando que existe muito conteúdo desses envolvendo menores de idade, o que deixa as coisas ainda piores.

2 – Vídeos de bullying

Muitos usuários do WhatsApp, por algum motivo, gostam de compartilhar coisas horríveis no aplicativo. Casos de bullying, onde há uma vítima de violência psicológica ou física, se encaixa em crime de difamação. Caso a vítima tenha conhecimento desse compartilhamento e leve o caso às autoridades, as consequências podem ser mais sérias do que você pensa.

3 – Vídeos com música e imagens sem direitos autorais

Pode parecer besteira, mas aquele vídeo que seu sobrinho editou e colocou uma música do Raça Negra, por exemplo, se for parar no WhatsApp fere o direito autoral. Compartilhar esse tipo de material sem consentimento de quem fez é crime. A pena? Bom, a detenção pode ser de três meses a um ano ou multa. Dificilmente os caras do Raça Negra vão processar seu sobrinho, mas é sempre bom ter conhecimento desse fato.

4 – Fake News

Não é nenhuma novidade que compartilhar fake news em redes sociais é crime, e isso inclui também o WhatsApp. Os grupos estão sempre repletos de notícias de políticos, por exemplo, mas nem sempre essas notícias são verdadeiras. É preciso tomar conhecimento e fazer pesquisas com fontes confiáveis antes de sair compartilhando qualquer coisa.

5 – Vídeos e imagens com pessoas mortas

Como citamos no item 2, algumas pessoas realmente gostam de compartilhar coisas horríveis na internet. Vídeos de pessoas em acidentes de carro é um grande exemplo do que podemos encontrar em grupos de WhatsApp. Qualquer forma de desrespeitar o corpo de uma pessoa morta é crime vilipêndio de cadáver ou suas cinzas. A pena vai de um a três anos de prisão mais multa.

6 – Vídeos e imagens de pessoas em situação constrangedora

Imagens de pessoas drogadas são comuns nas redes sociais, e isso é crime. Propagar esse tipo de conteúdo na internet se enquadra em difamação. Ah, os comentários sobre o conteúdo também são levados em conta. Quem faz esse tipo de coisa pode responder por danos morais e materiais, podendo também pagar indenização a vítima.

7 – Ofender pessoas

Esperamos que nenhum dos nossos leitores precise usar palavras de baixo calão contra uma pessoa, mas vale sempre lembrar. Ofender uma pessoa é crime, ainda mais quando ela tem provas concretas disso em uma conversa de WhatsApp. Desde a entrada do Marco Civil da Internet, em 2015, as empresas que mantêm plataformas digitais deixaram de ser responsabilizadas judicialmente pelo conteúdo publicado por usuários. As penas podem variar entre penalidades financeiras, como pagamento ou indenização (na esfera criminal) ou mesmo a prisão (esfera cível).

E aí, sabia que todas essas coisas feitas no WhatsApp são consideradas crime? Comente!