Frejat: “Quero governar com e para o povo”

0
582
“Não vou fazer do meu governo um balcão de negócios. Prefiro ficar em casa”

Por Poliglota…

A publicação com exclusividade pelo site do jornalista Donny Silva de que o pré-candidato Jofran Frejat (PR) estaria disposto a abandonar sua empreitada de concorrer ao Palácio do Buriti, pegou a política do DF de surpresa.

É notório que Frejat não é nenhum ingênuo de tomar uma atitude dessas tão logo a recente pesquisa registrada no TSE sob o nº DF-00150/2018, realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas entre os dias 6 e 11 de julho o coloca com 25,4% de intenções de votos. Na opinião do experiente político isso pode até não significar nada.

Da mesma forma, boa parte da população conhece o temperamento do ex-secretário, ex-deputado e ex-ministro interino da Previdência de que não aceita ingerências nas suas decisões e como já se tornou um jargão seu, “Posso até ser considerado velho, mas não sou velhaco!”. Ademais, Frejat sempre afirmou que jamais permitiria fazer de seu governo um balcão de negócios. O recado foi bem dado.

Fontes internas no conglomerado de partidos afirmaram a esse jornalista que Frejat não se manterá refém de ninguém. O desejo do experiente secretário é fazer um governo para e com o povo e para isso sua autonomia deverá ser respeitada. Para quem sabe ler um pingo é letra.

Vamos aguardar os próximos capítulos.

Mas uma coisa é certa: Crescer com quem já é grande agrega melhor e, convenhamos, traz melhores resultados. Afinal, começar do zero é bem mais complicado… Se é que fui entendido.