Fraga surpreende, Izalci está otimista e pesquisas encomendadas para consumo interno vazam e iludem eleitor

0
1058

Mesmo não aparecendo nas últimas pesquisas por ter sido lançado a apenas 6 dias, Fraga acredita que pode surpreender no DF. “O trabalho é sério e compacto”, afirmou o pré-candidato

O cenário político brasiliense promete para outubro. Pesquisas para consumos internos e sem registro no TSE/TRE estão causando transtornos aos eleitores.

Todo mundo agora quer se cacifar e buscar o voto do eleitor a qualquer custo. As redes sociais estão ditando as regras, queiram ou não. É lá que os eleitores estão tirando suas conclusões de quem deverá ser o próximo governador, senador, deputado federal e distrital.

As trapalhadas de Rollemberg e sua assessoria acabaram por agravar mais ainda as incertezas de quem ainda acreditava no governo do “rumo certo”. Pelo visto, o governo perdeu o rumo e não sabe como retomar a direção.

A última chapa a ser formada, a independente, composta pelos partidos PR, DEM, PSDB e DC, cujo majoritário ao GDF é o deputado federal Alberto Fragra (DEM-DF), não imaginava que em apenas 6 dias de lançamento iriam conquistar boa parte da preferência popular. Rolemberg, brigando contra a operação 12:26, acabou por cair na desgraça e o que lhe restava, cerca de 22% de aprovação, foi pro beleléu!

Izalci Lucas (PSDB), ex-pré-candidato ao GDF, mostrou que Brasília está acima de tudo. Abriu mão de sua candidatura ao GDF em favor de um projeto de resgate da capital federal. “Não podemos pensar em nós, temos que saber que nossa população clama por atitudes sóbrias e é isso que nos propusemos a fazer. Fraga será nosso governador e farei o melhor como senador da república por nossa Brasília, se eleito”, disse Izalci.

Por Poliglota…