Pelo visto, servidores lançam em Brasília a campanha “GDF 37”

0
779

Governador Ibaneis Rocha (MDB) deve estar de cabeça quente com as movimentações dos servidores públicos em busca de reajustes

Por Poliglota…

Como se não bastasse os desgastes que vem sofrendo para cumprir suas promessas de campanha com as categorias que compõe a Segurança Pública (PMDF, CBMDF e PCDF), as últimas manifestações dos professores e dos servidores do Detran tiraram a tranquilidade do mandatário brasiliense.

O governador, que se encontra em viagem a Portugal para fechar contratos afirmou que tem o maior respeito pelas categorias de servidores, os tem recebido com respeito, mas que todos têm conhecimento das dificuldades no orçamento do DF.

Segundo o governador, seu compromisso de valorizar os servidores iniciando o processo pela saúde, depois a segurança e por fim a educação não fugirá de seu escript. Todas as reivindicações podem ou não ser justas, mas a cidade a qual ele governa estará em primeiro plano no quesito responsabilidade e não cometerá os mesmos erros que seus antecessores.

“Tenho sido franco e jogado aberto com todos os servidores, mas só farei aquilo que as condições orçamentárias nos permitir. Reivindicações são normais, mas a realidade vai ser enfrentada como tem de ser”, disse o governador.

Mesmo tendo demonstrado ser um excepcional orador, Ibaneis começa a perceber que o plenário o qual ele enfrenta é muito mais complexo do que aqueles apresentados nos tribunais. Lá ele enfrenta 7 jurados, um promotor e 1 juiz. Aqui, do lado de cá, todos são juízes prontos para decretarem suas sentenças.

Haja cabelos e força nordestina para aguentar o tranco, pois daqui a pouco o grupo dos 37 vai aumentar com a CEB, CAESB, SLU, TERRACAP e por aí afora…