Deputado Hermeto garante que haverá redução de interstício em abril

0
1819
Deputado Hermeto é Subtenente da Reserva Remunerada da PMDF

Todos os anos próximo dos meses de abril, agosto e dezembro uma dúvida paira sobre a Polícia Militar do Distrito Federal: haverá redução de interstício? Em todas as rodas de conversa de policiais militares vemos tal pergunta, mas poucos são aqueles que possuem tal resposta.

No início do Governo Ibaneis, a Comandante Geral da PMDF, Coronel Sheyla, afirmou que a prioridade da Corporação seria a busca por reajuste salarial. Seu primeiro passo foi o reajuste do valor do Serviço Voluntário Gratificado, posteriormente, a comandante encaminhou proposta de melhoria salarial ao Secretário de Segurança Pública, realizou reuniões em alguns comandos de policiamento e procurou uma aproximação com o Deputado Subtenente Hermeto (MDB).

Por outro lado, Hermeto criou o primeiro gabinete do militar da Câmara Legislativa, se aproximou ainda mais do governo migrando do PHS para o seu antigo partido (MDB)procurou o Secretário de Segurança Pública para tratar de interesses da categoriapediu análise dos recursos ao TCU para o fundo de saúde da PMDFcobrou do governo reajuste igual para Policiais civis, militares e bombeiros, ao final, podemos concluir que esteve em busca de protagonismo.

Em vídeo recente nas redes sociais o parlamentar eleito por muitos policiais militares, juntamente com a Comandante Geral, garantiu que haverá redução de interstício para as promoções de abril de 2019.

https://www.facebook.com/blogpoliciamentointeligente/videos/418165118760589/?t=0

A iniciativa irá beneficiar especialmente os 2º e 3º sargentos que não possuem o interstício mínimo de 5 anos na graduação para serem promovidos. Cabos e soldados ainda não possuem as exigências, mesmo com a redução para serem promovidos, já que o interstício mínimo para um soldado ser promovido a cabo é de 10 anos, necessitando com a redução de 50% o equivalente a 5 anos.

Apenas primeiros sargentos, subtenentes e oficiais acima de capitão possuem o tempo mínimo para serem promovidos sem necessidade da redução. O maior impacto financeiro será em agosto, quando grande parte das graduações completam o tempo mínimo necessário para a promoção após a redução de interstício.

Com a redução de interstício uma coisa fica clara, o tão sonhado reajuste salarial está cada vez mais distante, já que o clima no Governo Federal e no Congresso Nacional não está bom e o Ministro Paulo Guedes já sinalizou com que não concorda com os percentuais apresentados pelo Governador Ibaneis para a Polícia Civil.

Fonte: Blog Policiamento Inteligente