Vídeo: Ministro da Educação vai a delegacia e defende e elogia ação da PM em manifestação de alunos no MEC

0
530
Ministro da Educação, Abraham Weintraub

Após baderna de professores e estudantes em frente ao Ministério da Educação, Ministro comparece à Delegacia para apoiar PMs e repudiar ato de selvageria praticado pelos manifestantes

Postado por Poliglota…

Um fato inusitado e raro nos últimos governos e na própria política nacional aconteceu essa semana em Brasília. Um Ministro de Estado (Abraham Weintraub-MEC) compareceu a uma delegacia policial para apoiar policiais militares que foram agredidos durante manifestação em frente ao ministério. Assista ao vídeo:

Durante uma manifestação em frente ao Ministério da Educação (MEC), ocorrida na última terça-feira (16), policiais militares e manifestantes entraram em confronto. Bens públicos foram danificados, destruídos e policiais saíram feridos após agressões. Para conter a fúria dos “catedráticos” houve a necessidade do uso moderado da força, onde os policiais utilizaram spray de pimenta e cassetetes para dispersar o ato.

O Ministério da Educação, através de sua assessoria de comunicação, emitiu uma nota de repúdio pelo ato praticado contra os policiais. Veja abaixo:

“O Ministério da Educação (MEC) repudia o ato violento, ocorrido na tarde desta terça-feira, 16 de julho, contra policiais militares. Os PMs estavam em serviço para garantir a ordem pública e evitar possíveis danos ao patrimônio e aos servidores da sede da pasta, em Brasília.

Manifestantes, organizados pela União Nacional de Estudantes (UNE) – estavam com camisetas da entidade, furaram o bloqueio feito pelos policiais na entrada do ministério e um deles arremessou um cone de sinalização na tropa. Dois militares se feriram e uma viatura foi pichada e depredada. Para dispersar os manifestantes, que tentaram invadir o prédio, foi usado gás lacrimogênio.

A atual gestão do MEC, embora esteja aberta ao diálogo, esclarece que não houve contato de representantes do grupo para uma conversa com gestores do Ministério. O MEC presta todo o apoio à Polícia Militar do Distrito Federal e aos policiais lesionados”.

Da redação com informações do G1 e fotos internet