Bolsonaro admite que vetará nove trechos do projeto de abuso de autoridade

0
139
Presidente Jair Bolsonaro admitiu que vai vetar ao menos nove trechos do Projeto de Lei (PL) 7.596/2017(foto: Marcos Correa )

Um outro ponto está sendo alvo de análise e debate entre ele e a equipe ministerial e ainda também pode ser rejeitado

Postado por Poliglota…

O presidente Jair Bolsonaro admitiu que vai vetar ao menos nove trechos do Projeto de Lei (PL) 7.596/2017, que define 37 situações que configuram crimes de abuso de autoridade. Um outro ponto está sendo alvo de análise e debate entre ele e a equipe ministerial e ainda também pode ser rejeitado. Como em outras ocasiões, confirmou, no entanto, que sancionará o texto, manifestando o entendimento de que o Ministério Público Federal (MPF), por vezes, “abusa”. “Eu sou vítima disso”, justificou.

A confirmação dos vetos havia sido sinalizada na sexta-feira (30/8), quando Bolsonaro disse que atenderia seu “centrão”. O termo, tradicionalmente usado para definir os partidos mais influentes no Congresso, foi citado por Bolsonaro para defender que acataria demandas apresentadas por seus ministros, entre eles, o da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. “O Moro, se não me engano, pediu 10 (vetos). Nove estão garantidos. Estou discutindo o último. Outras entidades também pediram a questão de vetos e a gente vai analisar o que for compatível”, destacou.

Em seguida, emendou a justificativa dos motivos pelo qual vai sancionar com vetos. “Agora, deixo bem claro, o Ministério Público, em muitas oportunidades, abusa. Eu sou vítima disso. Respondi tantos processos no Supremo (Tribunal Federal) por abuso de autoridade, tá. Isso não pode acontecer. Eu sei que grande parte são responsáveis, mas, individualmente, alguns abusam disso aí”, advertiu.

Fonte: CB