Autorização para concurso para Polícia Civil deve ser assinado na próxima quinta-feira por Ibaneis

0
139

PCDF: Governador vai assinar autorização do concurso na quinta-feira (5). A informação foi confirmada pela Divisão de Comunicação da corporação, que informou que recebeu convite do GDF para a solenidade

Postado por Poliglota…

O Governo do Distrito Federal (GDF) vai autorizar o concurso público para agentes da Polícia Civil do DF (PCDF) nesta quinta-feira (5/9). A informação foi confirmada pela Divisão de Comunicação da corporação, que informou que recebeu convite do GDF para a solenidade.

O governador Ibaneis Rocha anunciou o concurso público em fevereiro deste ano. De acordo com ele, o edital prevê a contratação de 1.500 agentes e 300 escrivães. O salário inicial dos cargos é de R$ 8.698,78.

Em janeiro, a PCDF também informou ao Correio que está preparando o certame. Segundo a corporação, a seleção busca diminuir o problema de efetivo.

A PCDF ainda deverá definir a comissão organizadora, a banca responsável e só então publicar o edital de abertura.  O requisito para concorrer a qualquer um dos dois cargos é que o candidato tenha concluído curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.

Últimos concursos

O último concurso da PCDF para o cargo de agente de polícia ocorreu em 2013. Foram ofertadas 300 vagas e cadastro reserva de até 600. O salário era de R$ 7.890,05. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) foi a banca organizadora.

Para o cargo de escrivão, o último certame foi também foi realizado em 2013. Na ocasião foram ofertadas 98 vagas para o cargo e formação de cadastro reserva para 196 vagas.

Nos dois certames, foram nomeados todos os aprovados a exceção dos candidatos aprovados em condição sub judice sem determinação judicial para nomeação.

Houve provas objetivas e discursivas, com questões de língua portuguesa, noções de informática, raciocínio lógico, atualidades, noções de direito constitucional, administrativo, penal, processual penal, legislação específica e penal extravagante. Além de teste de capacidade física, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa, investigação social, avaliação de títulos e curso de formação profissional.

Já em 2015, houve concurso com 417 vagas distribuídas em cargos de delegado, papiloscopista e perito médico-legista. A Fundação Universa foi a banca organizadora.

Também em 2015, a PCDF abriu chances para 100 vagas e perito criminal de terceira classe. O Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) foi a banca organizadora responsável pela aplicação das sete fases da seleção.  O salário foi de R$ 16.830,85, para 40 horas de trabalho semanal.

Fonte: Correioweb