Reguffe no Podemos. Seria o “Brasília 2022?”…

0
274
Reguffe não é bobo. Sua experiência política lhe possibilita ser um grande estrategista como poucos políticos brasilienses para 2022.

Postado por Poliglota…

Desde 2016, o senador Reguffe (Podemos-DF) estava sem legenda. A demora em escolher um rumo levou a crer que o parlamentar optaria por algo diferente, o que não aconteceu. A escolha pelo Podemos é mais do mesmo.

Reguffe viu na fraca ascendência de Ibaneis uma possibilidade de chegar ao Palácio do Buriti com mais tranquilidade. Seu discurso célere de que os gastos públicos devem ser respeitados o credencia a um voo mais alto em 2022.

Reguffe ficou conhecido por fazer suas campanhas de forma simples distribuindo sozinho seus panfletos de campanha com suas propostas pelas ruas do Distrito Federal. Depois de duas tentativas, 1998 e 2002, foi eleito deputado distrital em 2006 com 25.805 votos.[5] Em 2010, após seu mandato como deputado distrital, foi eleito o deputado federal proporcionalmente mais votado do país com 266.465 votos (18,95 por cento dos votos válidos).[6] Atualmente é senador pelo Distrito Federal, tendo sido eleito em 2014 com 826.576 votos (57.61% dos votos válidos).

Tirando a presidente da sigla, Renata Abreu, o Podemos tem uma lista imensa de políticos remanescentes de outras agremiações. O senador Álvaro Dias (Podemos-PR), por exemplo, foi do PMDB, PST, PP e PSDB. Em 2018, disputou o Planalto pelo partido, ficando em oitavo lugar no pleito.

Desde 2016, o senador Reguffe (Podemos-DF) estava sem legenda. A demora em escolher um rumo levou a crer que o parlamentar optaria por algo diferente, o que não aconteceu. A escolha pelo Podemos é mais do mesmo.

Fonte: Com informações do Blog do Fred Lima