“Proposta de reajuste da PM e CBMDF está pronta”, crava Torres

0
816
DANIEL FERREIRA/METRÓPOLES

Segundo secretário de Segurança, GDF só depende agora de um espaço na agenda do presidente Jair Bolsonaro para apresentar o projeto

Postado por Poliglota…

A igualdade dos salários líquidos com a Polícia Civil é a espinha dorsal da proposta do governo para o aumento salarial da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. Palavras do secretário de Segurança Anderson Torres. Segundo o gestor das forças de segurança locais, o projeto está pronto. Aguarda apenas um horário na agenda do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para ser apresentado: é a União quem paga a folha de policiais e bombeiros do DF.

“Dependemos agora somente de uma agenda do Palácio do Planalto. Este é um tema importante para o presidente e para o ministro-chefe da Secretaria da Presidência da República, Jorge Antônio de Oliveira. Fizemos o pedido e estamos no aguardo pela data”, afirmou Anderson Torres ao Metrópoles.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

Vídeo. Bolsonaro afirma que vai dar aumento igual para PCDF e PM

Proposta para PM e CBMDF prevê incorporação de auxílio-moradia

Proposta de reajuste da PM será levada a Bolsonaro semana que vem

Pelo fato das forças de segurança do DF serem mantidas pela União, qualquer recomposição depende da caneta do governo federal e a palavra final deve ser dada pelo Congresso Nacional. De acordo com Torres, pela proposta do GDF, a igualdade será estabelecida a partir do topo das carreiras. Ou seja, coronel e delegado especial receberão o mesmo líquido.

Pelo fato de as estruturas das carreiras militares e da Polícia Civil serem muito distintos não será possível, segundo Torres, atingir a igualdade perfeita. “Mas nos esforçamos muito para tudo ficar próximo”, afiançou. Segundo o secretário, a proposta vai incluir a incorporação do auxílio-moradia nos soldos dos militares.

“No caso dos militares serão duas parcelas por ano, ao longo de três anos”, pontuou, informando que a proposta segue o mesmo molde do cronograma apresentado para os reajustes da Polícia Civil. O governador Ibaneis Rocha (MDB) já encaminhou a proposta da PCDF ao Planalto. Mas Bolsonaro afirmou que só tratará da recomposição de salários se envolver todas as forças com igualdade, e é isso o que o GDF estaria planejamento para PMs e bombeiros.

Pressão

PMs e bombeiros aguardam a apresentação da proposta desde a semana passada, após acenos do GDF. Nesta terça-feira (19/11/2019), a demora provocou reações de pressão na tropa. O deputado distrital Hermeto (MDB), membro da base e ligado à PM, chegou a publicar vídeo, alegando que a proposta só seria encaminhada na próxima semana, pedindo paciência.

Veja:


Fonte: Metropoles.com