Virou sacanagem…Só pode!!!

0
2383
Homem vestido de policial militar em shopping do Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Fardado, ladrão simula perseguir colega após roubo a joalheria no DF

Dupla levou todos os relógios da marca Rolex que estavam na vitrine. Homens entraram em carro de luxo e estouraram cancela do shopping.

Homem vestido de policial militar em shopping do Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Homem vestido de policial militar em shopping do
Distrito Federal (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Fardado, um ladrão fingiu ser policial e simulou perseguir um colega para facilitar a fuga após o roubo a uma joalheria em um shopping de Brasília nesta quinta-feira (5). Os dois homens chegaram ao local pouco antes de 12h. Testemunhas dizem que o primeiro, que usava jeans e camisa branca, deixou o estabelecimento com uma mochila nas costas. O outro, que seria um falso militar, o seguiu com uma arma em punho, fingindo que pretendia prendê-lo.

A dupla levou mais de dez relógios da marca Rolex que estavam expostos no local. Pesquisas na internet apontam que o valor unitário das peças é de cerca de R$ 50 mil. A Polícia Militar disse ao G1 que o fardado não faz parte da corporação. A investigação sobre a origem da farda ficará a cargo da Polícia Civil.

A reportagem esteve no local. As cortinas da loja foram fechadas logo após o assalto e permaneciam assim até o início da tarde, aguardando a perícia da Polícia Civil. Até as 16h, a loja não tinha divulgado o prejuízo total com o crime.

saiba mais

Grupo rouba joalheria e atira em segurança no Lago Sul, no DF; vídeo

Dono diz fechar joalheria no DF após roubo; ‘não tenho mais forças

De terno, ladrão rouba joalheria de Brasília e faz funcionários reféns

“Ele estava todo fardado, com a boina, colete, arma. Do quepe ao coturno, ele estava com o uniforme completo de um policial. Se eu visse na rua, eu nunca desconfiaria que não é um PM”, disse uma vendedora que trabalha no centro comercial.

Funcionários afirmaram que viram os dois correndo para o estacionamento. De acordo com a Polícia Militar, eles fugiram em um carro de luxo, estouraram a cancela do shopping e dirigiram no sentido Asa Sul. Ninguém foi preso pelo crime até a publicação desta reportagem.

Nenhum representante da joalheria quis comentar o ocorrido. A assessoria de imprensa do shopping disse que as imagens de câmeras de segurança são repassadas apenas às autoridades policiais, nos casos de crimes ocorridos no interior do shopping.

O caso é investigado pela 4ª DP (Guará). A Polícia Civil informou aguardar a conclusão da perícia até o fim da tarde para tentar identificar os suspeitos.

Fonte: G1.com