Sepulcro: O caminho do PSB no Distrito Federal (Desabafo de um eleitor)

1518

O PSB, partido do então candidato a presidente da República, Eduardo Campos, morto num trágico acidente aéreo, que poderia ser uma esperança para o Brasil, pode se tornar a maior dor de cabeça para a população, podendo ter o mesmo destino do PT, dado a incompetência de seus dirigentes.

Por um golpe de sorte o PSB lançou no Distrito Federal o candidato Rodrigo Rollemberg, que nem mesmo ele acreditava numa vitória, mais dado às circunstâncias alheias à sua vontade, foi eleito.

O Partido, PSB, pode se tornar um PT no Distrito Federal, pois, quando o PT governou a Capital Federal por duas vezes, só deixou estragos em várias áreas e que hoje são reflexos de uma administração desastrada.

Com uma administração incompetente, o PSB de Rodrigo Rollemberg, aqui no Distrito Federal, possivelmente não consiga avançar, tendo em vista que em pouco menos de dois anos de governo já sucateou mais do que o governo anterior, que era do PT, e que ficou, infelizmente, por quatro anos.

Os serviços públicos e o comércio estão cada dia piores. A mídia tem mostrado todos os dias o fechamento de empresas e, consequentemente, demissões. O índice de desemprego é o mais alto já registrado. Isto porque não há gerência na área de desenvolvimento.

Nos serviços essenciais à população, como segurança, saúde e educação nem se fala. Na segurança pública nunca vimos classes tão desmotivadas como agora. A Polícia Civil sem efetivo, sem condições de sequer realizar investigações. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros idem e, pior, sem investimentos em equipamentos básicos como coletes balísticos (que grande parte estão vencidos), viaturas inapropriadas para o serviço e sucateadas e o mais grave, plano de saúde e carreiras completamente inexistente. Como exigir algo de classes de tamanha importância com um descaso desses?

A pasta da segurança pública vem quebrando a cabeça do Rollemberg, pois até agora a Pasta, comandada por Márcia de Alencar, não decolou. O índice de criminalidade cresce a cada dia e nem mesmo a divulgação de dados da queda da criminalidade tem convencido a população, que acha que são apenas dados “manipulados”. Homicídios, Roubos de veículos, Roubos em Residência, Assalto a pedestres, por exemplo, estão no topo das ocorrências que atormentam a Capital Federal.

Na saúde, Homens, mulheres e crianças morrem nos corredores dos hospitais por falta de atendimento por não ter pessoal e por não terem equipamentos, dos mais simples, para exames corriqueiros. Médicos fazendo das tripas corações para suprir um pouco da necessidade da população. Uma simples máscara para um cirurgião realizar seu trabalho não tem.

Na educação, sequer temos avançado. Alunos e professores não estão nem aí porque não há motivação por parte do estado. Como será o futuro deste País sem educação? Aonde vamos buscar conhecimento para passar para nossos filhos? Se não tem o que fazer, melhor invadir escolas!

O PSB do Rollemberg poderá ser, se já não é, mais um Partido que deverá ser banido do Distrito Federal graças à incompetência de seus administradores. Um governo com uma aprovação de somente 7% de sua população só deve estar esperando a conclusão da cova para que possa ser sepultado de vez.

Estamos de olho nas próximas eleições. O PSB será eliminado do Distrito Federal.

A lápide já está pronta!