Ibaneis Rocha garante início de teste de trens do VLT ligando Valparaíso ao DF

857

Por Poliglota via blog tudooknoticias.com.br

Por Maurício Nogueira

Uma reivindicação antiga, finalmente, teve uma resposta concreta e vai sair do papel. Trata-se do funcionamento do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em fase de testes em 60 dias, com a duração de seis meses.

Após reunião com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, para tratar sobre o projeto do VLT que ligará Brasília a Valparaíso (GO), em fase de teste por seis meses, o governador Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha detalhou sobre o período de teste do projeto. Antes desse período o VLT estará em funcionamento por 60 dias em caráter experimental, para adaptação dos usuários.

“Vamos fazer primeiro os convênios, porque o GDF vai aportar parte dos recursos para ajudar a subsidiar esse período de operação. Então o prazo agora é para confecção do convênio com a CBTU e junto ao VLT. Porque como eles não estão querendo bancar o valor total da operação experimental, nós estamos entrando com parte dos recursos do Distrito Federal (R$ 400 mil) para poder facilitar essa operação. Para isso, tem que ser feito um termo de convênio com a CBTU”, afirmou o governador.

“O governo do Distrito Federal vai entrar com esses R$ 400 mil para agilizar facilitar a implementação do projeto, durante esses meses de estudos”, detalhou Ibaneis. O investimento total é de R$ 3,4 milhões, sendo R$ 1 milhão do governo federal e R$ 2,4 milhões do governo do DF.

Segundo ele, a reunião foi muito positiva e o ministro saiu muito satisfeito, inclusive gostou da disponibilidade do DF em ajudar no projeto e vai buscar também o apoio do Governo de Goiás para que realmente essa operação saia do papel.

“E ela venha a acontecer no Distrito Federal, aliviando todo esse sofrimento de uma população enorme que todos os dias enfrenta um engarrafamento desumano”, complementou Ibaneis Rocha. O trecho compreenderá a rodoferroviária, no DF, até Valparaíso (GO). Segundo projeto, as composições com 600 passageiros atingirão, inicialmente, velocidade de 39 km/h.