Governador nomeia Coronel da PM para a direção do Hospital de Brazlândia

0
1297
Durante a gestão do Cel Cordeiro a PM teve atendimento de três hospitais particulares

O governador Ibaneis Rocha nomeou ontem (19) o coronel da reserva da Polícia Militar, Sérgio Luiz de Souza Cordeiro, para a direção do hospital de Brazlândia

Foto: G1

Por Poliglota…

Cordeiro, como é conhecido no meio militar, foi considerado um dos melhores gestores de saúde dentro da corporação. Em 2015, no governo petista de Agnelo Queiroz, pediu exoneração do cargo e não exonerado, após divergências internas que, segundo o próprio coronel, ele não compactuava.

No ano de sua exoneração, o Blog conversou com uma fonte de alta patente da PM que pediu para não ser identificada por questões óbvias e, segundo essa fonte, a história não era bem a que estava sendo propagada. Desde dezembro de 2013 que a Polícia Militar vinha enfrentando problemas na área de saúde. À época a frente da corporação, o Coronel Jooziel Freire teve um entrevero com o então Diretor de Saúde, coronel Sérgio Luiz de Souza Cordeiro, que antes de pedir sua exoneração do cargo cancelou todos os convênios com os hospitais credenciados. Alegou o coronel Cordeiro numa entrevista a um grupo de blogueiros policiais que atitudes irregulares estavam acontecendo e que ele se recusava a assinar e compactuar com essas irregularidades.

A nomeação do coronel se deu após o flagrante que derrubou o então diretor, Valterdes Silva, da direção do hospital de Brazlândia. Um vídeo feito por um sargento da PM que estava no local mostrou médicos (que posteriormente soube-se serem dentistas) descansando na sala de repouso enquanto pacientes aguardavam atendimento.