E agora Moro?

360

Valeixo diz que Bolsonaro nunca lhe pediu relatórios de inteligência ou informações de inquéritos. Em seu depoimento, Maurício Valeixo foi questionado sobre o que considera interferência política na Polícia Federal

Segundo ele, seria quando há uma “indicação com interesse específico numa investigação específica”. Mas que, sob seu ponto de vista, isso nunca aconteceu.

Você pode gostar também

Prefeituras da Grande BH montam estrutura para evitar aglomeração nas filas da Caixa

PE restringe circulação de pessoas e implanta rodízio de veículos no Recife e mais quatro cidades

CELSO DE MELLO LIBERA VÍDEO DE REUNIÃO NO PLANALTO PARA MORO, PGR E PF

“O presidente nunca tratou diretamente sobre a troca de superintendentes, nem nunca lhe pediu relatórios de inteligência ou informações sobre investigações ou inquéritos policiais.”

A versão de Valeixo enterra qualquer ilação de que teria prevaricado ao admitir pedidos de natureza ilegal.

Ao depor, o próprio Sergio Moro disse que Bolsonaro tratou de eventuais demandas de relatórios de inteligência, pela primeira vez, na reunião do dia 22 de abril. Ele se demitiu dois dias depois.

Fonte: https://www.agoranoticiasbrasil.com.br/