Alvo de inquérito do STF, Bia Kicis chama Celso de Mello de “juiz de merda”

400
REPRODUÇÃO

Deputada federal eleita pelo DF, apoiadora de Jair Bolsonaro é investigada por participação em esquema de disseminação de fake news

Após ser alvo do inquérito das fake news, um vídeo da deputada eleita pelo Distrito Federal Bia Kicis (sem partido) chamando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello de “juiz de merda” voltou a circular nas redes sociais.

Na gravação, a ex-procuradora do DF afirma que o magistrado “já devia estar aposentado e está aí nos assombrando”. A parlamentar diz, ainda, que Mello “faz mal para o país”.

Confira:

Os insultos foram dirigidos ao ministro do STF na última sexta-feira (22/05), em uma live da parlamentar. O tema era a nota divulgada pelo ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), General Augusto Heleno, afirmando que a eventual apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria “consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”.

Heleno, por sua vez, se referia ao fato de Celso de Mello ter encaminhado à Procuradoria-Geral da República (PGR) notícias-crimes de partidos políticos que pediam, entre outras providências, a apreensão do celular do presidente.

Nesta quarta-feira (27/05), Bia passou a ser alvo do inquérito do STF que investiga fake news contra ministros da Corte.

Deputada Federal Bia Kicis (PSL-DF) discursa em carro de som durante manifestação pró-governo e contra o Parlamento Igo Estrela/Metrópoles

Fonte: Metropoles.com