“Mafia” da Merenda em Mais do Mesmo

102
Mulheres preparam merenda escolar em escola no DF — Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Por Josiel Ferreira – tudooknoticias

Investigação da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga várias denúncias “anônimas” na Secretaria de Educação. Há forte suspeita de que as denúncias fazem parte de uma armação envolvendo servidores da própria Secretaria.

O motivo é impedir a realização de licitações relacionadas à compra de merenda escolar.

A grave e criminosa ação triste, é viabilizar que a “mafia” estabelecida, há décadas, continue saqueando os cofres públicos e retirando comida da boca de crianças.

Naquele momento o alvo atingido foi o frango e na próxima semana vem todo o resto. Em março deste ano, o governador Ibaneis Rocha (MDB) denunciou que existia uma “mafia” dentro do sistema de licitações e contratos na capital da República.

O chefe do Executivo acusou, na época, que empresas e servidores fazem parte de um esquema criminoso.

Em abril uma operação da Polícia Civil, em conjunto com o Ministério Público e a Controladoria-Geral da União, cumpriu quatro mandados de busca e apreensão, que investigou uma suspeita fraude no fornecimento de merenda em escolas públicas do Distrito Federal.